Com objetivo de gerar conhecimentos atuais e sensibilizar meninas e meninos sobre a importância da vacina para prevenir o Papiloma Vírus Humano (HPV), a egressa do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem em Saúde Pública (ProEnSP) e integrante do Laboratório de Tecnologias para Trabalho e Educação na Saúde, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e voluntária da Liga Amazonense Contra o Câncer (Lacc), enfermeira oncológica Marília Muniz Cavalcante de Oliveira, desenvolveu com base na dissertação de mestrado, um guia ilustrado com recurso tecnológico de informação e produção científica com temas relevantes sobre a imunização.

Com o título “O guia: diga sim à vacina contra HPV”, a cartilha educacional é voltada para alunos de 11 a 14 anos e alunas de 9 a 14 anos, dos ensinos fundamental e médio – público alvo da imunização contra o vírus. No folheto, que também conta com a versão digital em espanhol, os estudantes encontrarão informações sobre o contágio do HPV e a relação do vírus com o câncer. O projeto teve como orientadora a professora doutora Elizabeth Teixeira; e coorientadora a professora doutora Kátia Luz Torres Silva.

Nesta semana, um projeto piloto do guia foi lançado em parceria com a Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (Fcecon) e Secretaria Municipal de Educação de Manaus (Semed) para auxiliar professores da Rede Pública de Ensino, ou particular, na abordagem do tema.

De acordo com a autora, o manual será fundamental para elucidar conflitos internos, dúvidas de pais ou responsáveis e do público-alvo da vacina, como também, para diminuir a hesitação contra o imunizante, que faz com que os serviços públicos de saúde não atinjam as metas de vacinação, que é imunizar 80% da população.

“O guia será utilizado pelos professores que farão rodas de conversas com o público-alvo sobre o tema, iniciando nas turmas do ensino médio para os alunos de 13 e 14 anos. Após essa etapa, irão introduzir aos poucos aos alunos mais jovens”, explicou Marília.

Como foi desenvolvido? – A Tecnologia Educacional foi desenvolvida seguindo todos os critérios científicos para esse tipo de produto, nas seguintes etapas: Revisões Integrativas da Literatura (RILs); construção da primeira versão do Guia (apresentada à banca de qualificação do mestrado); construção da 2ª versão do Guia (submetida ao processo de validação de Juízes Especialistas da Saúde (médicos e enfermeiros oncologistas, especialistas em HPV) e Juízes Especialistas de Outras Áreas (pedagogos e designers, especialistas em Tecnologias Educacionais); construção da 3ª versão do Guia (apresentado ao público-alvo para avaliação).

O projeto conta ainda com o apoio do Governo do Amazonas, Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), FCecon, Rede Feminina de Combate ao Câncer do Amazonas (RFCC-AM) e Liga Amazonense Contra o Câncer (Lacc).